Home / Os Badarós / PSDB e PT juntos novamente em Santa Catarina

PSDB e PT juntos novamente em Santa Catarina

PSDB e PT juntos novamente

Após se unirem contra o projeto das parcerias público-privadas (PPPs) que foi aprovado na ALESC, PT e PSDB estão juntos novamente pelo fim das agências de desenvolvimento regional. Somados ao PP, que também quer a extinção das ADRs, os três partidos, que estão entre os cinco maiores da Assembleia, partem para o front de batalha contra o PMDB, que está isolado e luta para manter as agências. Criadas pelo então governador Luiz Henrique da Silveira, as antigas SDRs são frequentemente acusadas de cabides de emprego e de inchar a folha de pagamento do governo estadual.

 

Fracasso retumbante

Cerca de 3 mil pessoas, segundo a Polícia Militar, participaram da famigerada “greve geral” organizada pela extrema-esquerda no último dia 30, em Florianópolis. A maioria das pessoas era composta de servidores públicos de cidades do interior, que vieram em caravana paga com dinheiro dos sindicatos. Nem mesmo o farto churrasco, também pago com dinheiro do imposto sindical, foi suficiente para atrair o mais incautos. A falta de mobilização popular acaba sendo um tiro no pé, pois fortalece Michel Temer na medida em que as manifestações esvaziadas passam a ser interpretadas como movimentos de radicais de oposição com bandeiras partidárias.

 

Apoio petista

Somente o vereador Lino Peres deu o ar da graça na “greve geral”. Inclusive fez questão de postar fotos em seu perfil no facebook…

 

Anticristo

…por falar no petista, ele agora está reclamando porque seu projeto de lei para retirar o crucifixo do plenário da câmara municipal foi reprovado pela procuradoria da Casa e está parado na mesa do presidente Gui Pereira. Lino Peres e a extrema-esquerda seguem direitinho as cartilhas de Gramsci e outros ideólogos comunistas.

 

Exporta Floripa

Um sucesso o acordo de cooperação entre a Prefeitura de Florianópolis e a Intradebook. A parceria vai fomentar a exportação de produtos de micro e pequenas empresas com sede na capital catarinense. Bela iniciativa que demonstra que o desenvolvimento social só é possível com desenvolvimento econômico.

 

Sem noção

Vereador Maykon Costa (PSDB), que sequer administrou as finanças de uma banca de limonada, criou uma expectativa desnecessária para cerca de 70 pessoas que passaram em concurso e aguardam serem chamadas para trabalhar na Guarda Municipal. O tucano não entende que é inviável, para o momento atual, inchar a folha de pagamento da prefeitura com concursados que, diga-se de passagem, custam o dobro de um comissionado, devido aos encargos trabalhistas. O vereador tem sido um dos mais populistas da câmara e seu mandato tem se pautado pelo corporativismo.

JornalivreSC
Desde 2014 lutando em prol da liberdade e da prosperidade.

Check Also

Udo Döhler, prefeito de Joinville, ganha força para o governo do estado

Tamo na área Os Badarós são um grupo que defende acima de tudo a liberdade …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *